patinhas coxinhos

Os cães originários de lobos que habitavam florestas, campos e terrenos naturais, com o tempo, são trazidos para o ambiente urbano pelos tutores. Diferente de cavalos que desenvolveram cascos resistentes, os cachorros têm patinhas sensíveis, não adaptadas para suportar o calor extremo do asfalto e areia.

No verão, o asfalto pode atingir 60°C, temperatura suficiente para provocar graves queimaduras nas patinhas dos pets. Por isso, é fundamental que os donos de cães tomem medidas preventivas e saibam como agir caso ocorra alguma lesão.

Neste post, explicaremos como proteger as patinhas do seu amigo peludo contra o risco de queimaduras quando as temperaturas se elevam. Confira!

Razões para proteger os coxinhos no verão ou em dias ensolarados:

  • O asfalto e areia muito quentes podem causar dor e machucados nas patas sensíveis dos cachorros. As altas temperaturas facilmente provocam bolhas e vermelhidão.
  • Os horários de pico de calor, entre 11h e 16h, são os mais arriscados para passeios, podendo levar a queimaduras graves.
  • Se não tratadas corretamente, as queimaduras podem evoluir para infecções sérias nos coxinhos do pet.

Medidas preventivas

Com alguns cuidados simples, você pode proteger efetivamente as patinhas do seu cão neste verão:

  • Evite passeios nos horários mais quentes do dia, dando preferência para as manhãs e noites mais frescas.
  • Hidrate bem o pelo e patinhas do seu pet antes e depois do passeio com água. Isso ajuda a refrescar e evitar ressecamento.
  • Procure locais com sombra, grama ou terra para o cão andar. O asfalto deve ser evitado.
  • Use protetores de patas, pomadas com filtro solar e até calçados especiais para cães. Isso cria uma barreira contra o calor.
  • Tenha sempre água potável à disposição para que o cão possa se hidratar constantemente.
  • Se possível, teste a temperatura do asfalto com as costas da mão antes do passeio. Se não suportar o contato, estará muito quente para as patas do cão.
  • Procure andar pelo lado da sombra quando houver calçadas arborizadas. Mesmo assim, fique atento a trechos pontuais de sol pleno.
  • Evite que o cão ande muito sobre superfícies escuras, que absorvem mais calor como o asfalto preto.
  • Faça pausas frequentes à sombra para que o cão descanse as patas em local fresco.
  • Carregue uma garrafinha de água e ofereça nos intervalos para hidratar.
  • Tenha lencinhos umedecidos para limpar as patas e refrescar rápido quando necessário.
  • Invista em palmilhas térmicas especiais dentro do calçado do cão para isolamento.

Assim, o tutor pode tomar diversas precauções simples para garantir que as patinhas do pet não sofram com o asfalto e areia quentes.

Identificando sinais de queimaduras

Fique atento a sinais como:

  • Vermelhidão, inchaço e descamação
  • Formação de bolhas e feridas
  • Claudicação ou mancar na pata afetada
  • Lambedura excessiva da região

Caso note alguns desses sintomas após um passeio, é possível que o cão tenha sofrido queimaduras leves ou moderadas nas patas. Consulte o veterinário para avaliar a gravidade e iniciar o tratamento.

Tratamento caso ocorra queimadura

Se as patinhas do seu pet tiverem contato breve com superfícies muito quentes e sofrerem queimaduras leves, você pode tomar estas providências imediatas:

  • Lave a área afetada com água corrente morna por cerca de 10 minutos para resfriar.
  • Aplique compressas úmidas e geladas por 10-15 minutos para aliviar o desconforto.
  • Mantenha a região limpa para evitar infecções.
  • Use pomadas antibióticas indicadas para queimaduras.
  • Dê analgésicos prescritos pelo veterinário para aliviar a dor.
  • Evite passeios nos dias seguintes para permitir a cicatrização.

Se a pata estiver gravemente queimada, com bolhas e feridas profundas, é essencial levá-lo imediatamente ao veterinário para um tratamento adequado. Lesões graves demandam medicamentos específicos e podem precisar de curativos.

Conclusão

Proteger os coxinhos dos cachorros contra o calor é fundamental para evitar incidentes dolorosos e garantir passeios agradáveis no verão. Fique atento aos horários, providencie formas de proteção, e saiba como agir caso ocorram queimaduras para cuidar rapidamente do seu amigo peludo. Lembre-se: prevenção e monitoramento são a melhor forma de manter os pets felizes mesmo quando as temperaturas sobem!

Tags: | | | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *