O eterno debate entre donos de cães e donos de gatos sobre quem é mais feliz continua até hoje. Cães e gatos certamente trazem muita alegria para seus donos. Mas será que um dos pets proporciona mais benefícios para a felicidade e o bem-estar do que o outro? Vejamos o que dizem alguns estudos científicos a respeito.

Os benefícios dos cachorros para a felicidade

Ter um cão como animal de estimação traz muitos benefícios emocionais e práticos comprovados cientificamente para seus donos. Como cães requerem passeios diários, brincadeiras e amplo tempo de interação, seus donos acabam tendo um estilo de vida mais ativo e social.

Um estudo publicado em 2021 na renomada revista Frontiers in Psychology descobriu que donos de cachorros relatam maior autoestima e satisfação com a vida do que pessoas sem animais de estimação.

Photo by Nathan Dumlao on Unsplash

Isso pode ser explicado pelos seguintes motivos:

  • Mais atividade física: por precisarem ser levados para passear, os cachorros incentivam seus donos a sair e se exercitar regularmente, o que melhora a saúde física e mental.
  • Interação social: donos de cães acabam conversando mais com outras pessoas durante os passeios, ampliando suas redes sociais.
  • Redução de estresse: o ato de brincar, acariciar e interagir com um cão libera ocitocina, serotoninae e dopamina, hormônios que induzem sensação de bem-estar.
  • Propósito: cuidar das necessidades de um cão dá aos donos uma sensação de ser necessário e ter um propósito diário. Isso aumenta a autoestima.

E quanto aos benefícios dos gatos?

Já os felinos são animais mais independentes que os cachorros. Eles podem sair por conta própria e não requerem passeios ou tanta interação quanto os cães. Ainda assim, os gatos também trazem benefícios comprovados para a saúde emocional de seus donos:

  • Redução de estresse: o ronronar dos gatos tem um efeito calmante e relaxante que ajuda a aliviar o estresse.
  • Companhia: mesmo sendo mais independentes, os gatos provêm companhia dentro de casa e nos momentos de descanso.
  • Responsabilidade: cuidar das necessidades básicas de um gato também dá sentido de propósito e responsabilidade aos donos.

Porém, o mesmo estudo descobriu que donos de gatos parecem ter autoestima levemente mais baixa do que pessoas sem animais de estimação. Uma possível explicação é que os felinos não forcem uma rotina de exercícios e interação social como os cães.

Photo by Daria KulKova on iStock

Conclusão: cães trazem pequenos benefícios adicionais

Portanto, embora tanto cães quanto gatos tragam felicidade e benefícios para a saúde emocional de seus donos, os estudos indicam que os cachorros podem propiciar um aumento um pouco maior na autoestima e bem-estar geral.

Isso ocorre provavelmente pelas oportunidades de exercício físico, interações sociais e sensação de propósito que os cães proporcionam naturalmente ao seu estilo de vida. Porém, no final das contas, o mais importante é escolher o animal de estimação que mais combina com seu estilo de vida e preferências pessoais.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário e confira outros posts relacionados:

  • 5 razões para adotar um gato
  • Como escolher uma raça de cachorro ideal para você
  • Dicas para uma amizade saudável entre cães e gatos

Tags: |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *